Músicos de Contagem cobram auxílio emergencial na porta da Prefeitura

No dia 24 de junho, os músicos de Contagem fizeram um ato na porta da prefeitura para cobrar o Prefeito Alex de Freitas (Sem Partido) o auxílio para a categoria. Diante do quadro de pandemia, urgem medidas excepcionais de 
proteção social e defesa da vida, a serem adotadas durante o período de emergência na saúde pública. Os músicos estão entre as primeiras categorias laborais afastadas de suas atividades e estarão entre as últimas que poderão retomá-las.
Sem palco e sem público, os artistas ficaram sem emprego e renda. Muitos são responsáveis pelo sustento da casa e de suas famílias, passando por sérias dificuldades neste momento. Os profissionais da música – que em condições normais já exercem um trabalho precário e intermitente, em que o desemprego é constante – agora precisam de socorro imediato. 
    Em busca de uma solução que permita a sobrevivência dos artistas de Contagem, sobretudo  os mais vulneráveis  às consequências da pandemia,  o vereador Dr Rubens Campos conseguiu aprovar na Câmara Municipal, em 12 de maio de 2020, uma medida (Indicação nº492/2020) que cria um mecanismo emergencial de auxílio aos músicos de Contagem, utilizando recursos do Fundo Municipal de Cultura. Reforçando a mesma luta, o Sindicato dos Músicos Profissionais de Minas Gerais promoveu um abaixo-assinado dos músicos contagenses que foi entregue juntamente com a solicitação da assinatura no auxílio aos músicos.